curso: cultura & educação: imaginário & processos simbólicos

qawachkanchik chay killallata
[miramos a mesma lua]
tradição quechua

programação

docente: prof. dr. marcos ferreira-santos, lab_arte
http://www.marcosfe.net
lattes: http://lattes.cnpq.br/1074988266323465 
fapesp: http://www.bv.fapesp.br/pt/pesquisador/87136/marcos-ferreira-santos/ 
e-mail: marcosfe@usp.br

canal no youtube (obras musicais e entrevistas):
https://www.youtube.com/c/MarcosFerreiraSantosoficial-mito_musica/videos

autor de:
três poetas da vida, ed. pontual, 1981
imagens de cuba: a esperança na esquina do mundo, ed. zouk, 2002
crepusculário: conferências sobre mitohermenêutica & educação em euskadi, ed. zouk, 2a. ed, 2005
cantiga leiga para um rio seco & outras mitologias, galatea, 5 volumes, 2021 (no prelo)
koe’ti mitopoéticas, galatea, 2021 (no prelo)

em coautoria:
hermas de orvalho do voo da pedra em flor, galatea, 2021 (no prelo)
antropolíticas da educação, 3a ed, 2019 – com rogério de almeida
aproximações ao imaginário, 2a. ed, 2020 – com rogério de almeida
educação como poiésis, 2021 – com theda cabrera
aproximaciones a la educación sensible, 2015 – com patricia perez & fabiana rubira (colombia)

discografia:

– koe’ti mitopoéticas – antologia poética 45 anos, audiobook, 2 vols, 2021
arkheophonias – antologia sonora 40 anos, 2 vols, 2020
arkheovox, 2021
amantras, 2021
kantigua, 2019
killa taki lunário, 2021 (no prelo)
kunturkanki, 2021 (no prelo)
kinti wasi, 2021 (no prelo)
memórias de saraus – marcos ferreira-santos & lab_arte histórico (remasterizados 2002-2016), 4 vols., 2021 (no prelo)
dança com minotauro, 2021 – co-autoria com fabiana rubira (no prelo)
[disponíveis em youtube & spotify]


turmas
tarde & noite

objetivos:

propiciar às pessoas na condição de alunos e alunas, elementos e experiências para a análise e compreensão da cultura e do imaginário como processos simbólicos e suas manifestações nas organizações educativas.

conteúdo:

  • cultura como processo simbólico: a criação, partilha, apropriação e interpretação
  • as formas simbólicas e suas implicações educacionais: o risco etnocêntrico
  • a estruturação antropológica do imaginário e seus desdobramentos na organização do real
  • o imaginário e a configuração da práxis pedagógica e da cultura escolar
  • aspectos hermenêuticos e antropológicos da relação pedagógica
  • imaginação, razão sensível e educação de sensibilidade

livros-base do curso:


ferreira-santos, m. (2005). crepusculário: conferências sobre mitohermenêutica & educação em euskadi. são paulo: editora zouk, 2a. ed. – pedidos: www.editorazouk.com.br
versão preliminar da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)

ferreira-santos, m. & almeida, r. (2019). antropolíticas da educação. são paulo: selo galatea, 3ª.ed. – acesso portal livre de livros USP:
http://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/book/318

ferreira-santos, m. & almeida, r. (2020). aproximações ao imaginário: bússola de investigação poética. são paulo: selo galatea, 2a. ed. – disponível em: disponível em: http://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/view/453/406/1590-1


INDISPENSÁVEL:

– trazer as dúvidas decorrentes da leitura do texto indicado
– perguntar… toda e qualquer dúvida, é uma dúvida (“o erro é um momento epistemológico”, paulo freire)
– estou aqui para tentar auxiliar na “formação superior”. Entenda-se: raciocínio, reflexão crítica e sensível, comprometimento comunitário e pessoal, criação e expressão próprias

– vejam as “conversas-musicais” em qualidade HD com melhor resolução e som
– atentem para as descrições dos vídeos pois sempre há indicações importantes no texto
– todos as noções mais técnicas deverão ser consultadas no livro-base ferreira-santos & almeida, aproximações ao imaginário

itinerário dos encontros:

apresentação do curso:

– conversas-musicais introdutórias para imaginário & processos simbólicos para pedagogia usp, numa perspectiva antropolítica, pelo prof. marcos ferreira-santos (mitologia-usp); com indicações, forma e dinâmicas do curso, problematização em direção às “poéticas públicas”:

– apresentação:

– dúvidas iniciais:

– entrevista revista futuro do pretérito:

– notícias sobre o acidente:

– 16 de agosto

– o olhar antropológico na tridimensionalidade da existência humana – ancestralidade nos fundamentos de inovação em educação – potência das massas “X” repressão do poder

leitura: “humanitas: a educação entre as estruturas de poder e a potência existencial” (p.15-28). In: ferreira-santos, m. & almeida, r. antropolíticas da educação. Livro-base disponível em: http://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/book/318

pessoas companheiras de viagem:

conversa-musical:

ancestralidade nos fundamentos da inovação em educação:

23 de agosto

– calçando o caminhar: novos paradigmas e educação – a razão sensível e o sentipensar – humanismo antropocêntrico & humanismo biocêntrico

leitura: ortiz-osés, andrés. “cognitio matutina e razão afetiva”, prefácio in: ferreira-santos, crepusculário, pp.07-19. (pdf)
ferreira-santos, apresentação in: crepusculário, pp.21-30 (pdf)

conversa-musical:

– 30 de agosto

– a cultura das culturas: mito e antropologia da educação – cultura como processo simbólico: a criação, partilha, apropriação e interpretação – autopoiésis & práxis libertária

leitura:
ferreira-santos, calçando o caminhar in: crepusculário, pp. 21-30 (pdf)
ferreira-santos, a cultura das culturas: mito e antropologia da educação in: crepusculário, pp.31-44 (pdf)

conversa-musical:

1a parte:

2a parte: htt

3a parte:

– 6 de setembro

– a velha educação de sensibilidade: a iniciação nos povos originários, sappho, epicuro, alquimistas, orientais e comunidades tradicionais – antropolíticas de la educación ancestral ameríndia y contemporánea

leitura:
ferreira-santos, razão sensível e educação de sensibilidade in: crepusculário, pp. 45-54. (pdf)

ferreira-santos, m. (2007). a mulher na visão de um filósofo. atibaia: prefeitura da estância de atibaia, 2.o seminário da mulher – o corpo e a identidade feminina, pp. 2-8. (pdf)

ferreira-santos, m. (2007). as filhas do vento e a ancestralidade africana: a alma de orfeu-jelyia-griot. In: edileuza penha de souza.(Org.). Negritude, Cinema e Educação – caminhos para a implementação da Lei 10.639/2003 – vol.2. Belo Horizonte: Mazza Edições, v. 2, p. 65-86. (pdf)

conversa-musical:

1a parte:

2a parte:

– 13 de setembro

– mitohermenêutica, antropologia da pessoa e educomunicação – as formas simbólicas em nikolay berdyaev (1874-1948)

leitura livro físico: ferreira-santos, crepusculário, pp. 55-74 & pp. 169-186
versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulos: “mitohermenêutica, antropologia da pessoa e educomunicação” & “mitohermenêutica theanthrópica em berdyaev: um deus humano e a humanitas divina”

conversa-musical:

– 20 de setembro

– educação & ética: uma ação reflexiva e uma reflexão ativa – implicações educacionais: o risco etnocêntrico – desescolarização e autonomia de vida

leitura livro físico: ferreira-santos, crepusculário, pp. 75-88.
versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulo: “educação & ética: uma ação reflexiva e uma reflexão ativa”

conversa-musical:

tarefa para entrega até 27 de setembro

27 de setembro

– imaginação: o operador do imaginário segundo gaston bachelard

leitura:
ferreira-santos, m. (2017). mito & imaginação: concerto grosso para duo de sopro e cordas em fermata e ostinato. In: wunenburger, j.j.; araújo, a.f.; almeida, r. (org.). Os trabalhos da imaginação: abordagens teóricas e modelizações. João Pessoa: Editora Universitária da UFPB, p. 215-239. (pdf)
versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulo: “pedagogias do envolvimento: mito & educação”

conversa-musical:
“marcos ferreira-santos apresenta bachelard – concerto grosso para duo de flauta e cordas em ostinato e fermata”
parte 1:


parte 2:

4 de outubro

  • “palavrágua” – fotopoemar coletivo – texto na íntegra (pdf)
    vídeo final:

  • ursprungklärung & lumina profundis: um olhar profundo na região selvagem: fenomenologia da imagem em berdyaev, bachelard, merleau-ponty & rené guenon – as transformações de pathós

leitura livro físico: ferreira-santos, crepusculário, pp. 107-121.
versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulos:ursprungsklärung & lumina profundis: um olhar profundo na região selvagem” & “mitohermenêutica fotográfica da forja do olhar: o trecho 2.8.”

conversa-musical:

– 11 de outubro

– o círculo de eranos, o imaginário e as estruturas antropológicas em gilbert durand

leitura: durand, gilbert (1994). l’imaginaire. essai sur les sciences et la philosophie de l’image. paris: hatier (tradução: prof. dr. josé carlos de paula carvalho e revisão técnica do prof. marcos ferreira-santos para fins exclusivamente didáticos no cice e lab_arte – feusp). (pdf)

leitura livro físico: ferreira-santos, crepusculário, pp. 99-121.
versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulo:mitohermenêuticas da forja e a temperança do ferreiro

conversa-musical:

– 18 de outubro

– arqueofilia, topofilia e arquitessitura: hermenêutica da arqueologia simbólica

leitura:
ferreira-santos, marcos (2019). arquitessituras: mitopoéticas do espaçotempo . In: Rozestraten, Beccari & Almeida. Imaginários intempestivos: arquitetura, design, arte & educação.São Paulo: FEUSP, portal livre de livros da USP, pp. 443-504 (pdf)
ferreira-santos, marcos (2021). topografia da mátria: mito & arte na re-existência. revista mitologia aberta, VII, setembro, pp.29-49 (pdf)

livro físico: ferreira-santos, crepusculário, pp. 151-168
versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulo:mitohermenêuticas de sapateiros, tecelões e peregrinos

conversa-musical:
– canción sin miedo (vivir quintana) – hino contra o feminicídio


memórias de infância:

latcho drom, a longa jornada cigana:

25 de outubro

– mitohermenêuticas de sangoma: três lições da ancestralidade para afrodescendentes – a dor do espinho e a arte da paixão em kiriku & karabá

leitura: ferreira-santos, m. (2005). ancestralidade e convivência no processo identitário: a dor do espinho e a arte da paixão entre karabá e kiriku.In: SECAD/MEC. (Org.). Educação anti-racista: caminhos abertos pela LeiFederal n.o 10.639/03. 1 ed. Brasília: Edições MEC/BID/UNESCO -Coleção Educação para Todos, p. 205-229.(pdf)
leitura: ferreira-santos, crepusculário, pp. 131-150. + defesa allan
versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulo:mitohermenêuticas de sangoma: três lições da ancestralidade para afrodescendentes

conversa-musical:
homenagem a tula pilar:

abertura para allan da rosa:

doutorado de allan da rosa:

capoeiranças de elis (koe’ti mitopoéticas, audiobook):

– 15:56 – capoeiranças de elis (ft. mestre gato preto, contra-mestre pinguim, renata santos, andré luis pereira santos, dandara santos & zoé santos)- marcos ferreira-santos, voz & canção de fundo

ensinamento, homenagem ao contramestre pinguim:

26 de outubro – prazo para envio da tarefa 2: dois versos cantarolados em arquivo de áudio, complementando o poema “canção amiga” de carlos drummond de andrade (1948). Enviar para marcosfe@usp.br

1 de novembro

– abya-yala & pindorama: a herança ameríndia e suas permanências nas terras altas e terras baixas – nós quem cara pálida? – a grande mãe ameríndia

leitura: versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulo:mitohermenêuticas de mari, pachamama & ñandecy: o matrialismo das grandes mães

conversa-musical:

nós quem cara pálida?
1a parte:

2a parte:

ailton krenak apresenta marcos ferreira: https://www.youtube.com

marcos ferreira & daniel munduruku:

8 de novembro

– mitohermenêuticas de sapateiros, tecelões e peregrinos – cinema, atualizações do mito & sagrado

leitura livro físico: ferreira-santos, crepusculário, pp. 151-168.
leitura: ferreira-santos, m. (2018). sumak kawsay y gandhi: diálogos para un vivir colectivo la diferencia em plenitud. In: ALMEIDA, R. & PÉREZ, Tito H. (orgs.). Culturas de paz e educação latino-americana. São Paulo/Bogotá: Galatea, FEUSP/Universidad Santo Tomas, pp. 80-129 (pdf)
ferreira-santos, m. (2004). as sandálias da paz: francisco e gandhi. diálogo revista de ensino religioso, são paulo, v. ix, n. 36, p. 50-51 (pdf)
ferreira-santos, m. (2014). Um quintal e muitas sementes: a educadora Therezita Pagani no cinema de Fernanda Heinz. In: ALMEIDA, Rogério de & FERREIRA-SANTOS, M. (org.). Cinema e as possibilidades do real. São Paulo: Képos, p.71-104 (pdf)

conversa-musical:

sobre orides fontela:

cinema de fernanda heinz (corpo & infância):

– 15 de novembro – feriado

– 22 de novembro

– aspectos hermenêuticos e antropológicos da relação pedagógica – testemunhos existenciais em autoformação

leitura: versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulo: “por um pharmakón na didaskalia artesã: fundamentos antropológicos”

conversa-musical: autoformação & testemunho existencial
1a parte:

2a parte:

3a parte:

4a parte:

– 29 de novembro

– mitohermenêuticas da forja e a temperança do ferreiro: o crepúsculo do mestre & a aprendizagem da morte

leitura livro físico: ferreira-santos, crepusculário, pp. 89-106
versão preliminar na íntegra da 3a. ed. revista e ampliada (2021): (pdf)
capítulo: “posfácio: crepúsculo de quatro mestres: durand, ravi shakar, canter & ortiz-osés”
FERREIRA-SANTOS, M. (2011). Três estações, um encontro e o canto. In: ALMEIDA, Rogério & FERREIRA-SANTOS, M. (Org.). O cinema como itinerário de formação. São Paulo: Editora Képos, p.11-33. (pdf)

conversa-musical: o crepúsculo do mestre:
1a parte:

2a parte: https://www.youtube.com/watch?v=0jOPYJqi

hanami, cerejeiras em flor – a aprendizagem da morte:

– 6 de dezembro

– avaliação com sarau (videos-poesia, música, canções, dança, teatro, performance, fotografia, esculturas, bricolages, poemas, desenhos, pinturas, etc)
– condições: articular a criação com algum dos temas desenvolvidos no semestre, ser autoral, apresentações de no máximo 5 minutos, individual ou em grupo, e enviado ao grupo de emails do curso para que todas as pessoas na condição de aluno ou aluna possam apreciar, comentar e avaliar, de maneira coletiva neste dia.

o lab_arte – laboratório experimental de arte-educação & cultura é um laboratório didático da feusp criado em 2004 por iniciativa das pessoas na condição de alunos e alunas de pedagogia para tentar suprir uma importante lacuna nas atividades formativas da instituição a partir de experimentações e vivências nas várias linguagens artísticas, numa perspectiva antropológica, levando em conta a diversidade cultural, étnica e artística.

auditório helenir suano – sala 130 – bloco c – feusp – avenida da universidade, 308

vídeo sobre o lab_arte:

bibliografia básica:

bachelard, gaston. a água e os sonhos: ensaio sobre a imaginação da matéria. são paulo: martins fontes, 1989a.

bachelard, gaston. a chama de uma vela. rio de janeiro: editora bertrand brasil, 1989b.

bachelard, gaston. poética do devaneio. são paulo: martins fontes, 1988.

cassirer, ernst. ensaio sobre o homem: introdução a uma filosofia da cultura humana. são paulo: martins fontes, 1997.

duborgel, bruno. imaginaire et pédagogie. paris: privat, 2a.ed., 1992.

durand, gilbert. a imaginação simbólica. são paulo, cultrix/edusp, 1988.

durand, gilbert. as estruturas antropológicas do imaginário. são paulo: martins fontes, 1997.

gusdorf, georges. professores para quê? por uma pedagogia da pedagogia. são paulo: martins fontes, 1987.

maffesoli, michel elogio da razão sensível. petrópolis: vozes, 1997.

merleau-ponty, maurice. o visível e o invisível. são paulo: editora perspectiva, 3ª ed., 1992.

paula carvalho, josé carlos. imaginário e mitodologia: hermenêutica dos símbolos e estórias de vida. londrina: editora uel, 1998.

sanchez teixeira, m. c. & porto, m. r. s. imagens da cultura: um outro olhar. são paulo: plêiade, 1999.

serres, michel. filosofia mestiça: le tiers-instruit. rio de janeiro: nova fronteira, 1993.

diagramas – permitida a reprodução desde que citada a fonte


dinâmica do humanismo antropocêntrico e do humanismo biocêntrico