marcos ferreira-santos em santiago (chile, 2016), na emef amorim lima, no sarau lab_arte e no show do "terramérica" dirigido por ele (1985)



mãe xikrin, marcos ferreira-santos no sarau lab_arte, junto a coleção de bonsai de felipe gonzalez no real jardin botánico de madrid (2007), show em educação ancestral (feusp, 2003), na emef amorim lima, na narração de estórias no ibirapuera (semana mundial do brincar, 2012), oficina de bonsai na feusp (2004) e na gravação do LP "sangue novo" (1986)


marcos ferreira-santos na emef amorim lima, com purushatraya swami em goura vrindávana (ashram em paraty, 2000), em chimborazo (equador), retrato por ana lucia gimenez, com aquiles yañez na acasa de pablo enruda em isla negra (chile), litoral de isla negra e na seção de ensino e divugação geral do instituo butantan (1993)


marcos ferreira-santos na "ciranda de filmes", com rogério de almeida no lançamento do livro "crepusculário" (2004), com amandy e ruben vega balbás no evento "memória e resistência: 40 anos de golpe" (feusp, 2004), oficina de bonsai com funcionários da feusp, oficina de bonsai com crianças da comunidade 1.o de maio em carapcuíba (2000), e com david reeks, renata meirelles, soraia chung saura e tião carvalho na cirdanda de fimes no lançamento do filme "terreiros do brincar" (2017)


marcos ferreira-santos com pablo minga em esmeraldas (equador), com fabiana rubira no evento "ciudad de los cuentos" (cuenca, equador), com pesquisadores no evento sobre relações etnico-raciais na feusp, com purushatraya swami em kirtan no lab_arte, e com vinicius medrado em "guerrilha lab_arte" (2006)


marcos ferreira-santos com fernanda heinz em debate sobre o filme "sementes do nosso quintal" no cinusp, com therezita pagani da "te-arte", no caminho de san andrés (bizkaya, euskal herria, 2003), com sua filha maíra moraes em sua defesa sobre o mestre anarquista jaime cubero (2015), com patrícia perez morales em cali (colombia) e com ailton krenak no evento "entremundos (ocareté, registro/sp, 2010)


marcos ferreira-santos em "entremundos" (ocareté, registro/sp, 2010), com cláudia sperb na abertura de sua exposição "serpentes" (congresso internacional sobre imaginário, cice/feusp, 1998), resistência à invasão da pm e da tropa de choque (USP, greve de 2009), com rogério de almeida na unviersidad santo tomas (bogotá, colombia, 2013) e em palestra-musical em esmeraldas (equador, 2012)


marcos ferreira-santos no instituto butantan (1994), em chimborazo (equador, 2010), com renata meirelles sobre o filme "território do brincar", com a equipe organizadora do evento "memória e resistência: 40 anos do golpe", amandy, marcello lagonegro e marina ruiva entre outros, seu capacete de bombeiro (1987 a 1993), em oficina de bonsai com crianças de carapicuíba (2002), ilustração de krshna e rada, e marcos ferreira-santos em curso ministrado na universidad de talca (território mapuche, chile, 2014)


marcos ferreira-santos com luzmarina espíndola e vinicius medrado em sarau do lab_arte (2005), como bombeiro (1987 a 1993), assistindo projeção da entrevista de clarice lispector em curso sobre ela (lab_arte, 2012), em sarau do lab_arte, no litoral sul de são paulo (1983), tocando bombo leguero com a peonada num galpão em jaguarão/rs (divisa com uruguay, 2008), e em encontro da apase - sindicato dos supervisores de ensino de são paulo


marcos ferreira-santos com representantes da comunidade rastafari de jundiaí em curso sobre filosofia afrodescendente (fatec/sp & casa das áfricas, 2012), no I pitan-atunda de contação de histórias africanas e afro-brasileiras organizado por kiusam de oliveira (ibirapuera, 2014), em san juan de gaztelugaxte (euskal herria, 2010), e com as alunas do curso para terceira idade "música & memória", neusa camargo e dayse marzochi (lab_arte, 2013)


marcos ferreira-santos no lab_arte, com a famílai de eva egido leiva e ruben vega balbás (madrid, 2010), em palestra-musical na secretaria estdual de educação, no "rincão nativo" (pelotas, 2006), e com o grupo "terramérica" na gravação da música "ameríndio" (LP "direito de chão", gravadora verbo divino, 1986)


marcos ferreira-santos com sérgio taioli no evento "educação ameríndia & ancestralidade" (fe-usp, 2003), em palestra-musical na secretaria municipal de educação de sp (2010), em evento da uff (niterói, 2012), em oficina de bonsai em curso de pós-graduação de mitologia (feusp, 2007), em palestra sobre arqueoastronomia no planetario de bogotá (2015), e no sarau do lab_arte (2008)


marcos ferreira-santos em santiago (chile, 2016), em palestra-musical na apase (2011), com alunos do curso para terceira idade "música & memória: caymmi & mitologias do mar" (lab_arte, 2015), com carlos eugênio paz (ex-comandante da ALN) no evento "memória & resistência" (feusp, 2004), com alunos do curso de pedagogia no lab_arte (2009), com alunos do curso políticas públicas para licenciatura em atividade de desenho de observação (feusp), e com a aluna zélia ramos stefano no curso para terceira idade "memória e resistência: sons da imigração" em atividade com lanternas de papel (feusp, 2001)